Barbie

A História que venho partilhar, é de uma gatinha Persa que apareceu no CRO de Porto de Mós, em Junho deste ano.

Um anjinho que entrou nas nossas vidas para nos abrir o coração. A Barbie chegou muito maltratada, o seu quadro médico era gengivite, otite por otodetes, problemas gastrointestinais, diarreia grave e FIV/FELV, para além disso, o seu pelo precisou de ser rapado para retirar todos os nós.

Apesar de todas as suas moléstias mostrou sempre um amor incondicional para conosco, paciência e receptividade para ser tratada e receber Reiki, e sobretudo mostrou a sua natureza carinhosa para mimar todos os que lidaram com ela no CRO.

Em toda honestidade, no momento em que a “nossa menina” deixou de interagir, de olhar à sua volta e de chamar por nós, houve um silêncio e uma aceitação para o que poderia chegar. Mas por vezes o silêncio pode ser uma força maior e a quietude uma renovação de energias e essa é outra das lições que a Barbie ensinou.

No entanto não foi a última, a Barbie ainda ensinou sobre força de uma comunidade, de um grupo de pessoas que se juntam para um bem comum. E por isso escrevi esta mensagem, para agradecer não só à Barbie pelo seu testemunho e receptividade ao amor, mas para agradecer também aos voluntários e trabalhadores do CRO pela dedicação e carinho e por último à Rede de Voluntários de Reiki em Animais pelo Reikinho presencial, pelo Reikinho a distância e pelo tempo que tiram do vosso dia para trazer harmonia a estes seres especiais.

Nataly Cristina Garcia Luz

Voluntária da Rede de Voluntários de Reiki em Animais